Comece por aqui!!

Atualizado: 17 de Fev de 2019

10 PASSOS ESSENCIAIS PARA TOMAR O CONTROLE DE SUA JORNADA NO CÂNCER


1- Monte seu Time de Apoio (Time A ou escolha seu próprio nome)

É vital superar a tendência natural de enfrentar tudo sozinho.

A importância de ter um time de apoio é defendida pelo Dr. Keith I. Block, considerado o pai da Oncologia Integrativa Moderna e descreve em detalhes em seu livro fundamental, Life Over Cancer.


Identificar e reunir o seu time é fundamental para gerenciar os diversos assuntos que surgirão durante a jornada do câncer. Sua Equipe A é seu principal grupo de suporte: você, sua família e seus amigos são capazes de preencher as funções a que você atribuir.

Ter alguém acompanhando você em consultas médicas é muito importante. Consistência é fundamental; portanto, uma pessoa de backup deve estar disponível (e ser mantida informada sobre os eventos) caso seu primeiro apoio se atrase inesperadamente.

O ideal é que essas pessoas tenham experiência em sistemas de saúde e possam ajudá-lo a organizar perguntas e fazer anotações. Eles podem ajudar a conduzir as entrevistas importantes ao decidir sobre seus médicos e discutir os planos de tratamento.

A formação de uma "Equipe A" é o primeiro passo nesta lista "essencial 10" porque é absolutamente fundamental.


Quando você completar sua lista maior de apoiadores, combine-os com as áreas onde você mais precisa de ajuda:

ajuda com seus filhos (dirigindo para a escola, coletas, compromissos); ajuda nas compras e administração da casa ( supermercado, feira)executando recados; preparação de refeições caseiras durante o tratamento e recuperação; ajuda para leva-lo a consultas e procedimentos;atualizações regulares para sua rede maior de familiares, amigos e colegas de trabalho.

Seja completo neste processo. Selecione apenas aqueles com a tenacidade emocional para fornecer suporte consistente e significativo em todos os sentidos da palavra.

Não deixe que o orgulho atrapalhe. Identifique suas necessidades exclusivas e peça ajuda ao seu time. Você não precisa de uma grande equipe de suporte, apenas algumas pessoas especiais - confiáveis, comprovadas, indispensáveis, estáveis ​​- aquelas que "apoiarão você todo o tratamento".

Aviso: alguns de seus familiares e amigos mais íntimos - embora bem intencionados e amando você incondicionalmente - podem não ser as melhores escolhas para o seu time por causa de sua resposta emocional à sua doença. Indivíduos bem intencionados mas que podem se tornar de alta atenção. Este não é um momento em sua vida em que você precisa de energia drenada de seus limitados recursos emocionais. Independentemente da sua posição anterior no serviço e cuidados aos outros, não é seu papel principal atual, como paciente, fazer com que os outros se sintam melhor. Para aprender como montar seu time clique aqui


2- Organize as suas decisões com base na sua verdadeira urgência

Você deve entender completamente o diagnóstico e o prognóstico de sua condição específica, use o questionário “Perguntas ao Oncologista”, você pode baixar gratuitamente aqui. A maioria das situações não exige ação imediata.

Desacelere. Sentir-se oprimido cria o caos. O instinto é reagir instantaneamente. Montar a sua "equipe" é uma resposta mais sensata. Compreender a verdadeira urgência vem de abraçar uma atitude analítica.

O tratamento do câncer é um grande negócio. Muitos médicos (e as clínicas e centros através dos quais prestam cuidados) são rápidos em pintar um quadro de urgência: que você deve ser tratado imediatamente; que você deve agir rapidamente para concordar com diagnósticos e tratamentos específicos adicionais. Isto está errado.

Recue. Você não apenas emergiu dos escombros de um terremoto terrível, embora a Terra tenha definitivamente mudado para você. Você não precisa de triagem. Você precisa de informações e, para digerir essas informações, precisa de tempo e calma.

Sim, há certos estágios posteriores e cânceres de rápido crescimento que são extremamente agressivos; essas situações precisam ser resolvidas rapidamente - normalmente em dias ou semanas.

No entanto, é provável que você tenha tido sua doença em particular por algum tempo, em alguns casos, anos.

Levar algumas semanas, mesmo um mês ou mais, para tomar decisões excelentes e específicas, específicas às suas necessidades, pode ser inconveniente para o médico responsável pelo tratamento, mas é necessário que você cumpra o seu cronograma.

3- Obtenha uma segunda (ou terceira) opinião.

Independentemente do tipo, estágio ou grau de um câncer em particular, incentivo todos os clientes a obter uma segunda ou terceira opinião para garantir um diagnóstico preciso e determinar se existe um consenso sobre um plano de tratamento.

É importante ressaltar que, à medida que a medicina personalizada continua a evoluir, ouvir opiniões e abordagens diferentes, fazer testes genômicos para seu câncer específico para informar possíveis tratamentos individualizados, vai ampliar as suas possibilidades.

4- Use fontes confiáveis ​​para aprender sobre a sua doença específica

Educação = Empoderamento. Mas cuidado com o Dr. Google.

Não confunda sua pesquisa intensiva com os títulos médicos de seus médicos.

Além disso, seja cauteloso quando os amigos bem-intencionados encaminham "curas" que não são documentadas - basicamente boatos. Um amigo de um amigo pode te enviar algo novo, mas você e sua equipe devem filtrar toda a pesquisa externa, assegurando citações respeitáveis.

Apos definir seu cronograma é importante segui-lo confiante e consistentemente. Evite o excesso de informações que criam insegurança e ansiedade, estados emocionais que abalam seu sistema imunológico e sua confiança no processo.

5- Mantenha as expectativas sob controle em relação ao seu oncologista principal e o seu conhecimento ou interesse em medicina integrativa e de estilo de vida.

Um dia, todos os oncologistas serão treinados e fornecerão planos de educação e cuidados que incluam os princípios centrais da medicina holística e do estilo de vida.

O padrão de tratamento das intervenções convencionais será complementado com as abordagens incluídas no item 6.

Mas no aqui e agora, se o seu oncologista não for um oncologista integrativo, está tudo bem.

Você quer o médico mais bem informado e habilidoso com experiência e conhecimento profundos para a sua doença especifica. Ele estará ciente das descobertas científicas mais recentes e de como elas foram traduzidas para o protocolo recomendado que inclui seu plano de tratamento.

Você pode aumentar seus cuidados convencionais com médicos especializados em medicina integrativa, altamente experientes em mudanças comportamentais e abordagens oncológicas integrativas. Eles entendem os efeitos colaterais desagradáveis ​​do cuidado convencional e trabalham para garantir uma sobrevivência mais saudável a longo prazo.

Comunique-se antecipadamente e abertamente com o seu oncologista. Deixe-o saber que você planeja trabalhar com abordagens complementares, como dieta, acupuntura, atividades físicas, procedimentos detoxificantes, suplementos, etc.

Se o seu oncologista não apoiar seus planos e desejos, procure outro médico que o faça. Poucos oncologistas são especialistas em oncologia integrativa ou seguem de perto essa pesquisa. Seu oncologista precisa apenas apoiar seu desejo.

Idealmente, ele estará envolvido nessa capacidade de ajudar a garantir que não haja contraindicações entre os vários medicamentos e suplementos tomados e, quando necessário, esteja disposto a se comunicar diretamente com os membros de sua equipe integradora.

6- Entenda e empregue os princípios centrais da medicina integrativa para prevenir, controlar e potencialmente reverter doenças.

Não há como negar a importância da mudança de comportamento do senso comum para prevenir o câncer, tolerar melhor o tratamento convencional, apoiar uma remissão durável e promover a sobrevivência a longo prazo.

A literatura médica está mais que comprovada quando se trata de nutrição, atividade física e outras abordagens sensatas de estilo de vida para apoiar as necessidades físicas e emocionais da jornada de um paciente com câncer.

Muitas das áreas que considero fundamentais para promover o bem-estar são expressas nos 9 fatores apresentados na Remissão Radical da Dra. Kelly Turner.


1- Redução de estresse e ansiedade:

Conseguido através de inúmeras maneiras: o que funciona melhor para o único, você único, como redução do estresse baseado em mindfulness, visualização, respiração profunda, exercício, conexões profundas com a família, amigos ou um parceiro. Uma mente desobstruída, desobstruída, desobstruída é fundamental para a criação do bem-estar e da saúde.

2- Atividade física

Descubra o que funciona melhor para o seu corpo, necessidades especiais e limitações, depois se comprometa com a atividade física todos os dias. Novas pesquisas mostram que o treinamento intervalado rigoroso pode ter o maior impacto contra o câncer. Se isso for certo para você, fale com seu médico para liberação física e vá em frente. Rebounding é uma das principais atividades que você pode implementar no seu dia a dia.

3- Nutrição a base de Vegetais e Plantas

Existem 723 dietas e filosofias sobre a melhor maneira de comer; muito dogma. Para prevenir o câncer, apoiar o tratamento ativo e assegurar a remissão duradoura (ou o manejo de uma doença maligna crônica), mantenha as coisas simples e:

- Vá para a planta

Muitos legumes coloridos, folhas escuras e grãos. Fruta com moderação. Seja orgânico

- Elimine a carne, se possível

Se você não consegue, as galinhas orgânicas, livres de antibióticos, livres de hormônios e antibióticos estão bem de vez em quando.

Peixe: água fria, peixes ricos em ômega, como salmão selvagem e sardinha, podem ser consumidos algumas vezes por semana.

- Laticínios: eliminar ou limitar muito.

Sempre compre produtos orgânicos de animais que sejam livres de hormônios, antibióticos e gramados.

- Eliminar alimentos processados

Claramente identificado pelo seu conteúdo e embalagem. Esqueça esses alimentos. Pare de desembrulhar e comece a descascar.

- Sono restaurador

Boa higiene do sono é primordial. Obtenha de 7 a 8 horas de sono e muito sono REM a cada noite. Se tiver dificuldades para dormir, procure ajuda imediatamente para resolver a (s) causa (s). Se você é privado de sono, você cria um ambiente inflamatório que é pró-câncer. A irregularidade do sono também afeta muito a capacidade cognitiva.

- Hidratação profunda

Beba 30ml de água para cada quilo de seu peso corporal por dia. Osmose reversa, água purificada é uma boa escolha.

A hidratação adequada é um elemento essencial da boa saúde. Isso é especialmente importante para pacientes com câncer e sobreviventes, e fundamental para os que estão passando por quimioterapia.

- Suplementos alimentares bem colocados

Suplementos dietéticos de alta qualidade podem ser extremamente benéficos, abordando déficits nutricionais e ajudando a criar um ambiente inóspito para o crescimento do câncer.

O uso de suplementos bem planejado também pode ajudar a mitigar os efeitos colaterais freqüentemente deletérios do tratamento convencional do câncer. Trabalhe com um profissional médico experiente e qualificado que seja bem versado no uso de testes laboratoriais funcionais para validar um protocolo sensato de suplementos para atender às suas necessidades específicas.

Tenha em mente que seguir as sugestões de suplementos diários sem supervisão médica pode simplesmente resultar em "urina cara" - basicamente sem benefícios diretos.

- Limpeza ambiental

Examine todos os aspectos de suas condições de vida e de trabalho e elimine a exposição química desnecessária, como agentes de limpeza, produtos de higiene pessoal ou cosméticos com ingredientes potencialmente cancerígenos. Certifique-se de que a água e o ar estão limpos. Elimine o mofo e outros contaminantes potenciais do seu ambiente.

7- Traga a Alegria para jogo

Sabemos que é difícil falar em Alegria diante de um diagnostico de câncer, mas acredite a Alegria pode te salvar. Durante momentos de Alegria o sistema imunológico recebe um “boost” de energia, é como se ele recebesse a mensagem: Ei, é muito bom estar vivo!!!

O Dr.Bruce Lipton em seu livro Biologia da Crença, demonstrou que as células escutam os nossos pensamentos, e quando estamos alegres nossas células funcionam na direção da saude. Uma área da Psicologia chamada Psicologia Positiva oferece diversas ferramentas para ajuda-lo a manter seus níveis de Alegria em alta, com ações simples, como exercitar a Gratidão 3 vezes ao dia, promover encontros e bate papos com amigos, assistir filmes engraçados. Tudo no Universo é vibração, e a frequencia vibracional da Alegria é uma das mais altas, chegando a 540 Htz, segundo a escala do Dr. David Hawkins, pesquisador das emoções . Enquanto que medo, tristeza, culpa, impotência, são emoções que vibram abaixo de 100 Hz e promovem o encurtamento dos telomeros do DNA, condição que favorece a doença. Se vamos combater um Cancer, que seja com Alegria! Invista nessa pesquisa!

8- Tenha um Proposito

Ter um Cancer não precisa ser um castigo, pode ser um chamado! O Cancer pode ser o seu maior pesadelo ou pode ser o seu grande Professor! A forma de encarar e buscar a sua cura é única e depende apenas das suas escolhas. Compartilhar sua historia, ser uma inspiração para outras pessoas, tirar aquela sonho da gaveta, são infinitas as possibilidades. No livro Em Busca de Sentido Viktor Frankl retrata as suas experiencias como prisioneiro na Segunda Guerra, onde constatou que no campo de concentração as pessoas com um desejo ardente de viver eram as que possuem maior capacidade de sobreviver. Apos sua experiencia surreal ele criou a Logoterapia, método psicoterapico que busca o sentido da vida para uma plenitude existencial. Esse pode ser o seu momento.

9- Siga a sua Intuição

A intuição é a inteligência divina dentro de todos nós, guiando-nos sempre. Faz parte de nós. Nós apenas temos que ouvir!

Temos livre-arbítrio, por isso às vezes nossa mente assume o controle, a conexão com a nossa intuição. Mas nossa intuição é nossa conexão com Deus / Universo. Nós somos alinhados à Fonte completamente através da intuição - quando nós vamos com ela, tudo flui sem esforço. A intuição é sobre sentir sem pensar. Tudo o que você precisa fazer é silenciar sua mente e abrir seu coração para ouvir a voz calma de dentro.

- Medite para entrar na quietude.

- Conecte seu eu superior / alma à sua fonte divina / Deus e as respostas virão.

Saber que "não me sinto bem com alguma coisa" é a sua intuição falando com você.

Os animais têm uma forte intuição. Quando um tsunami está prestes a acontecer, os animais sentem e entram em alerta de segurança dias antes que o desastre ocorra. Eles sentem e são guiados pela intuição. Nós também temos essa habilidade.

Ouça o seu corpo e faça o check-out. Se a dor surge, é o seu corpo dizendo alguma coisa.

Tente isto: faça a si mesmo uma pergunta. A intuição irá guiá-lo espontaneamente para a escolha certa.

Tente estar presente e aterrado em todos os momentos; esse é o estado em que precisamos estar para ouvir nossa intuição.

Saiba que o medo é simplesmente ansiedade. Pode ser dissolvido conectando-se e aterrando-se na natureza. Então, a partir desse espaço ancorado, somos capazes de ouvir nossa intuição.

10- Você não é uma estatística!

Você leu as estatísticas e foi informado das suas chances. Talvez eles sejam favoráveis. Talvez não tanto. Independentemente disso, você não é uma estatística. Você não é dados. Você é um n de 1 - um experimento individual de um. Você é único.

Permaneça ciente dos dados, se quiser, mas viva sua vida e foque-se na cura. Você tem a capacidade de ser um fora da curva, de experimentar sua própria remissão radical.


Tel: (11) 976360100

Email: contato@stopcancerbr.com

Aviso Legal: As informações contidas nesse site são de caráter informativo e não representam conselho medico,  sugestão de tratamento, nem substituem o tratamento medico.

© 2017 por Stopcancer.br